Connect with us

Economia

Sonangol queixa-se de “preconceito e pré-juízo” da Justiça portuguesa

Published

on

A Sonangol acusou hoje a Justiça portuguesa de “procurar confundir” a empresa com o seu ex-presidente, Manuel Vicente, que foi também vice-Presidente da República, no processo Fizz, queixando-se de “preconceito e pré-juízo” do tribunal de Lisboa.

A posição surge expressa num comunicado da Sonangol, enviado hoje à Lusa, na sequência do desfecho do julgamento, em 7 de dezembro, em Lisboa, do processo que envolveu o ex-presidente da empresa e ex-vice-Presidente da República, com a petrolífera a voltar a negar qualquer envolvimento neste caso, que implicou uma acusação de corrupção ao ex-procurador do Ministério Público Orlando Figueira, condenado a seis anos e oito meses de prisão.

No comunicado, a Sonangol afirma que “exige e merece respeito” e que “não aceita que se invoque o seu nome de forma falsa, imputando-lhe a prática de factos que não correspondem minimamente à verdade”.

 

C/ LUSA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *