Connect with us

Economia

Sonangol esclarece sobre abastecimento de combustível

Published

on

A Sonangol assegurou ontem domingo, que ficou regularizado o atraso na descarga dos combustíveis importados nos portos nacionais.

“Verificou-se nos últimos dias um ligeiro atraso na descarga dos combustíveis importados nos portos nacionais devido a uma deficiente comunicação de pagamentos aos fornecedores internacionais, consequência da actual conjuntura económica e financeira”, refere a petrolífera, numa nota à Angop.

De acordo com o documento, a situação ficou sanada na quinta-feira, 9 de Março, pelo que já se efectuaram as descargas de combustível nos portos de Luanda e do Lobito, não existindo qualquer problema operacional por parte da Sonangol.

Consequentemente, o abastecimento no interior do país teve alguns atrasos, particularmente nas províncias da Huíla e Lubango. Na província de Malanje também se verificou alguma escassez de gasolina mas a situação já está resolvida após a chegada na sexta-feira, 10 de Março, dos camiões distribuidores à cidade de Malanje e a outros aglomerados populacionais da província.

No litoral, incluindo a região metropolitana de Luanda, não se verificaram problemas de maior por haver continuidade do fornecimento de combustível pela Refinaria de Luanda.

Nesta altura, toda a frota de camiões ao serviço da Sonangol está espalhada pelas estradas do país de forma a, nas próximas 24 horas, repor todo o abastecimento de combustíveis, aos níveis habituais, em todo o território angolano

A Sonangol apela a serenidade dos consumidores, e garante não haverá qualquer ruptura de “stock”, ou reduções significativas nos volumes de gasolina e gasóleo que são disponibilizados nos postos de abastecimento da República de Angola.

Segundo a nota, informações desencontradas e pouco rigorosas têm estado a circular sobre o abastecimento de combustível nos postos de distribuição espalhados pelo país.

Correio da Kianda / Angop

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas