Connect with us

Sociedade

Sonangol: empresas prestadoras de serviço planeiam greve

Published

on

Trabalhadores de catorze empresas prestadoras de serviços a Sonangol, realizam hoje, às 9 horas, em Cacuaco, uma assembleia geral para decretar greve, em virtude do silêncio do conselho de administração da petrolífera nacional que, até ao momento, não responde o caderno reivindicativo remetido à instituição no dia 26 de Janeiro.

De acordo com comunicado enviado ao Correio da Kianda, os trabalhadores reclamam a reintegração, retroactivo dos seis salários de 2017, assistência médica e medicamentosa, direitos e regalias, revisão do tipo de contrato e formação.

A assembleia geral irá decorrer na paragem da lanchonete verde, antes da EPAL.