Connect with us

Economia

Sonangol anuncia resultados líquidos de USD 125 milhões

Redação

Published

on

A Sonangol anunciou, nesta terça-feira, 22, resultados líquidos de USD 125 milhões, equivalentes a 45 mil 854 milhões de kwanzas, no seu exercício de 2019.

Em comunicado de imprensa a que a Angop teve acesso, a Sonangol indica que os resultados representam um forte crescimento de 10 por cento em relação ao exercício anterior, fruto da estabilização das receitas e da forte redução de custos, no âmbito da reestruturação em curso.

Os resultados líquidos foram apurados deduzidos os juros, impostos, depreciações e amortizações avaliados em 4 mil 779 milhões de dólares.

A petrolífera angolana esclarece ainda que, em 2019, os custos operacionais registaram uma redução na ordem dos 11% e as receitas mantiveram-se estáveis.

No período em referência, a Sonangol produziu cerca de 232 mil barris de petróleo bruto por dia, tendo ainda aumentado a produção de gás em seis por cento, de LNG em oito por cento e de produtos refinados em 37 por cento.

Segundo o Comunicado, foram produzidas 417 toneladas métricas de gás, um milhão de toneladas métricas de LNG e 2,4 milhões de toneladas métricas de produtos refinados, com a retoma das operações da refinaria de Luanda.

A Sonangol dá a conhecer ter importado aproximadamente, 2,9 milhões de toneladas métricas de produtos refinados, para suprir o défice da produção nacional, um incremento de seis por cento face ao exercício de 2018.

Para o alcance dos seus resultados, a Sonangol realizou vendas de 10 mil 231 milhões de dólares, representando uma redução de 4%, comparativamente ao ano de 2018.

O Comunicado recorda que o exercício de 2019, com transacções ocorridas de Janeiro a Abril, foi o último em que a Sonangol registou vendas como concessionária nacional.

Durante o exercício em causa foram realizados investimentos de mil 478 milhões de dólares nas operações petrolíferas da empresa, enquanto os serviços da dívida representaram mil 851 milhões de dólares.

A empresa encerrou 2019 com um stock de divida de cerca de 5 mil e 34 milhões de dólares, mais 13 por cento em relação ao ano de 2018, expressa o Comunicado.

Com a apresentação das suas contas de 2019, a Sonangol conclui ter “atingido um marco histórico, com a resolução de temas que permitiram a eliminação de reservas da auditoria que perduravam há 15 anos”.

Por Angop

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (77)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD