Connect with us

Opinião

Somos dos que mais morrem por COVID

Ladislau Neves Francisco

Published

on

Numa altura em que já demos um toque angolano aos doentes de COVID: Já não são só deontes de COVID, são de transmissão local ou importados. Como se no ponto de vista prático, fossem uns, menos doentes que outros! Já quase todos sabemos o que é, começa também a ficar claro, já não há voltas a dar, proteger ou ficar doente. O vírus já saiu do controle das autoridades. Sejamos sinceros e desligados de falsas ideias de protecção: chegou no centro dos armazéns, local onde todos compramos, de forma directa ou indirecta. Muito dificilmente não tivemos todos contacto com vírus! – E se não foi por aí, relaxa, ainda há a possibilidade de teres entrado em contacto com vírus pelo muito bem relacionado CASO 26.

O que não se entende, por mais força que se faça, é que nesta altura em que a batata parece começar a aquecer, vai se cogitando a ideia de abrandar as medidas de prevenção. Pois, o mesmo executivo que tomou medidas de fundo quando apenas tinha dois ou três casos, quer abrandar, agora que tem 60 casos e com todas as possibilidades de virem a aumentar drasticamente o número de doentes. Vai entender o nosso executivo!

Como cereja no “saboroso” bolo de chocolate, regeado de COVID, temos das maiores TAXAS de MORTALIDADE de COVID. Parece mentira, mas não. Presta atenção nos dados que os canais de TV vão passando e fixe o olhar na percentagem(%) de mortos por COVID. Das maiores de África, da SADC  e para se ter ideia do problema, temos a segunda maior taxa da CPLP, onde só perdemos para o Brasil.

Vamos pintando o quadro de branco porque temos poucos casos, mas isto pode ser só porque temos pouca capacidade de testagem. Mas ainda assim, com os tais poucos casos confirmados, já morremos mais que a maioria.

Continue Reading
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Avatar

    bruno amaral

    26/05/2020 at 3:31 pm

    &0 casos 4 mortes e estás preocupado com?? Nao devias estar preocupado com 2000+mortes de malária ? Um país com 20 ou 30 mil casos na europa está a abrir tudo, angola só com 60 vai manter fechada? matar de fome milhares de pessoas? Que tal um pouco de inteligencia antes de comentar? ….

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *