Connect with us

Mundo

Sobe número de democratas que pedem que Biden desista das presidenciais

Published

on

O número de congressistas democratas que pedem a desistência do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, da corrida às eleições de novembro aumentou para dez, avançaram os jornais The New York Times e The Wall Street Journal.

O debate frente ao candidato republicano, Donald Trump, em 27 de Junho, expôs fragilidades físicas e mentais do chefe de Estado norte-americano, de 81 anos, o que levou vários membros do Partido Democrata a equacionar uma mudança de candidato às eleições presidenciais deste ano.

Biden enfrenta desde então vozes dentro da bancada democrata que defendem que se retire, mas o Presidente prometeu nos últimos dias que continuará, vencerá e provará estar “à altura da tarefa”.

Entre os membros que pediram a saída de Biden estavam, segundo a imprensa norte-americana os congressistas de Nova Iorque Jerry Nadler e Joe Morelle, bem como Adam Smith, de Washington; Jim Himes de Connecticut e Mark Takano da Califórnia, entre outros.

Entre o grupo de representantes democratas dissidentes não há atualmente consenso para escolher um candidato que substitua Biden, segundo as fontes citadas pelos jornais.