Connect with us

Sociedade

Soba mata jovem à catanada por furtar mandioca

Published

on

Dois cidadãos, de 58 e 64 anos, foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal no Uíge, acusados de tirarem a vida com recurso a uma catana, a um jovem, de 31 anos, que supostamente furtou mandioca numa lavra.

Um dos acusados é o Soba Adjunto da aldeia Kimpembe, naquele município, tendo sido vítima, Alberto Figueiredo, de 31 anos, que conheceu a morte no local após não resistir às agressões perpetradas pelos acusados.

Segundo o porta-voz do SIC- Uíge, Zacarias Fernando, Alberto Figueiredo foi flagrado pelos homicidas a furtar algumas quantidades de mandioca, numa lavra, onde foi torturado com catana.

O seu corpo ficou desfigurado por conta dos vários golpes de catana, em diferentes regiões. O porta-voz confirmou que a vítima perdeu a vida no local do acontecimento e os acusados já foram presentes ao juiz de garantia para a formalização da detenção.

Colunistas