Connect with us

Politica

“Situação política na Guiné Bissau exige um acompanhamento”, diz líder do PAIGC

Published

on

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, recebeu, na manhã desta quarta-feira, 28, em audiência, o presidente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Domingos Simões Pereira.

Durante o encontro, que aconteceu no Complexo Turístico Futungo II, em Luanda, os representantes das delegações dos dois partidos falaram da necessidade do reforço das relações bilaterais, do estreitamento e da irmandade entre bissau-guineenses e angolanos.

Ontem, o presidente João Lourenço analisou com o líder do PAIGC a actual situação política na Guiné Bissau.

“A situação política na Guiné Bissau exige um acompanhamento, sobretudo, dos principais parceiros e amigos de que Angola faz parte”, afirmou o político guineense, em declarações à imprensa.

Destacou a pronta disponibilidade do Chefe de Estado em ouvir, compreender e acompanhar a situação da Guiné Bissau, que Domingos Simões Pereira considerou “complexa”.

Neste âmbito, o líder do PAIGC, manifestou o seu desagrado pelo facto do actual Governo desrespeitar a constituição do seu país.

“O que se verifica na Guiné Bissau é o uso do poder absoluto, pondo em causa as liberdades individuais, colectivas e a separação de poderes. É este o quadro existente para o qual o PAIGC vai continuar a lutar e a exigir nos termos da lei, o respeito pela ordem constitucional”, ressaltou.

Por Correio da Kianda com Angop