Connect with us

Sociedade

Sindicato dos Médicos denuncia falta de remédio para tuberculose no país

Published

on

O presidente do Sindicato dos Médicos Angolanos, Adriano Manuel, denunciou esta segunda-feira, 29, que os doentes de tuberculose estão a ser medicados com medicamentos expirados há dois meses.

Segundo o sindicalista, tal facto deve-se a falta de medicamentos de primeira linha no combate e tratamento da doença.

“No mês de Dezembro, começamos a usar, para a tuberculose, fármacos expirados, só para ter uma ideia. Há um défice de fármacos para a tuberculose no nosso país”, disse, em declarações à emissora católica.

Adriano Manuel disse que o problema é a nível nacional, tendo sublinhado que na província do Cuando Cubango está a ocorrer muitos casos de mortes.

Até ao momento, o governo ainda não reagiu à denúncia, pelo que este jornal está a envidar esforços no sentido de obter um pronunciamento do Ministério da Saúde.

Colunistas