Connect with us

Politica

Sílvia Lutucuta eleita co-coordenadora de painel da OMS para África

Published

on

O Órgão Intergovernamental de Negociação (OIN) para o Tratado da Pandemia e os processos de alteração do Regulamento Sanitário Internacional (RSI), elegeu a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, como co-coordenadora, durante os trabalhos da 73ª sessão do Comité Regional da OMS para África, que acontece de 28 de Agosto a 01 de Setembro próximo, em Gaborone, Botswana.

A governante destacou, depois da sua eleição, a necessidade de se cumprirem com as metas das negociações, baseando-se na integração dos 55 países, olhando também para os aspectos políticos e de segurança.

Sílvia Lutucuta disse que é importante recuperar o atraso e aproveitar as oportunidades para que cada Estado possa apresentar as suas contribuições até 2024, na Cimeira da União Africana.

No âmbito dos trabalhos da sessão do Comité Regional da OMS, a ministra Sílvia Lutucuta participou, paralelamente, do painel sobre o Financiamento do Paludismo realizado pela Aliança dos Líderes Africanos contra a Malária e do Secretariado da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Por outro lado, defendeu a importância de manter uma contínua abordagem multissectorial sobre o combate a malária, olhando para os decisórios sociais de saúde e ambientais, acrescentado que os Estados Membros devem aumentar a parcela de financiamento destinado ao sector da saúde e atribuir mais recursos financeiros para o controlo da doença.

A actividade dividida em quatro painéis, os participantes vão discutir e aprovar, o documento sobre estratégias em saúde pública a nível do continente, bem como a estratégia para a implementação da Agência Africana do Medicamento (AMA).

Colunistas