Connect with us

Politica

Silvestre Tulumba acusado de explorar dezenas de portugueses

Silvestre Tulumba é acusado de explorar dezenas de portugueses durante os últimos quatro anos.

Published

on

A Polícia Judiciária de portugal, investiga o empresario Silvestre Tulumba por alegados crimes de burla e tráfico de seres humanos.

As vítimas são altos quadros da construção civil recrutados em Portugal para trabalharem em obras públicas ganhas pela empresa de Tulumba, a IMOSUL.

De acordo com os lesados, que hoje vivem situações dramáticas, o empresário angolano de 37 anos terá conseguido ganhar diversos concursos públicos em Angola por ser conhecido como sobrinho-neto do general Kundi Pahama.

Os portugueses, que se dizem alvo de exploração, garantem nunca ter visto uma obra terminada, o que também se prova por imagens satélite captadas hoje pela equipa de reportagem da RTP.

Ver o video aqui