Connect with us

Economia

Siderurgia do Cuchi arranca em 60 dias

Published

on

O Director de Produção da Sociedade Siderúrgica do Cuchi, Wilson Reis, avançou que a montagem da unidade está em 95%, sendo que “a covid-19 atrapalhou algumas tarefas como o envio de angolanos ao Brasil para aprenderem a arte da fundição e ou trazer especialistas brasileiros para Angola”.

Ultrapassada a fase pandémica da covid-19, continuou, “a siderurgia pode entrar em funcionamento após 60 dias. Aqui, o ferro que sai do Cutato, com um teor médio de 60%, será fundido e elevada a sua qualidade para 90%”, explicou, num comunicado ao qual o Correio da Kianda teve acesso.

Domingos Kambiete, natural de Matala, Huíla, trabalha há 4 anos na obra de montagem da siderurgia do Cuchi que vai transformar o minério extraído do Cutato, 60 km, em ferro-gusa. O jovem soldador de 37 anos diz que quando lhe falaram da existência do projecto saiu da Matala, sua terra natal, para procurar trabalho no Cuchi.

“Já vim com experiência de trabalho. Fiz um teste e fui admitido”, conta, acrescentando que está “a dar o meu contributo para que a empresa inicie e chame outros jovens para engrandecermos o país”.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (13)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD