Connect with us

Sociedade

SIC recupera peças roubadas do Museu do Dundo

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) na Lunda-Norte recuperou esta quarta-feira, 26, a máscara feminina Mwana Pwo, uma das peças mais valiosas do acervo do Museu Regional do Dundo, bem como a estatueta Samanhonga, alegadamente roubadas, por três funcionários, incluindo o director-geral da instituição, Ilunga André.

A informação foi prestada hoje ao JA pelo porta-voz da corporação, Graciano Lumanhe, que avançou que além dos artefactos, Mwana Pwo e da estatueta Samanhonga, as autoridades conseguiram, igualmente, resgatar um conjunto de joias preciosas e quatro lotes de 1.879 alegadas pedras de diamantes .

O responsável disse que a par do director-geral, Ilunga André, de 44 anos, no referido processo estão, também, detidos dois funcionários, nomeadamente, a chefe de departamento de Museografia, Marisa Maianga Calonge, 35 anos, e Osvaldo Boaventura, de 26 anos de idade, este último técnico da instituição, acusados de furto qualificado, por alegadamente arrombarem o cadeado da sala de Animação Cultural do museu onde estavam guardadas as peças.

Com Jornal de Angola

Director do Museu do Dundo detido após desaparecimento de peça valiosa da instituição

Colunistas