Connect with us

Sociedade

SIC recupera 27 imóveis na centralidade do Zango 8000

Published

on

No âmbito do combate às ocupações ilegais de imóveis nas centralidades do Estado, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) recuperou, na última semana, 27 imóveis todos afectos à centralidade do Zango-5-8000.

Realçar que esta operação conjunta com a Direcção Central de Operações, em coordenação com o SIC – Luanda e funcionários do Instituto Nacional de Habitação, incidiu sobre 29 imóveis ocupados ilicitamente, onde após intervenção dos agentes, foram recuperados 27 imóveis, ficando apenas dois imóveis por se recuperar, tendo por isso culminado com a detenção de dois cidadãos, respectivamente, por reincidência e se terem recusado a abandonar voluntariamente os imóveis.

Na nota enviada ao Correio da Kianda, o SIC apela aos cidadãos a optarem pela via legal na necessidade de aquisição de imóveis, “pois são vários os cidadãos que foram alvos de burlas nestes processos”, alerta o comunicado.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Rosa

    14/10/2021 at 3:05 pm

    Até certo ponto entende-se q esses invasores estão a ser despejados,mas é importante lembrar q nós os proprietários legítimos das casas ñ temos nada a ver,nós fomos por vias legais para a aquisição das mesmas,e no nosso caso,antes mesmo de nos darem as chaves,a casa já havia sido invadida. Avisamos o ocorrido mas nos foi informado q isso ñ era motivo de preocupação e q o invasor iria sair,só q já estamos nessa batalha a 1 ano e alguns meses. Esperamos q dentre as casas recuperadas esteja a nossa também.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (18)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania