Connect with us

Sociedade

SIC detém professor universitário acusado de assédio sexual e corrupção

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal no Uíge procedeu a detenção de um cidadão, de 49 anos, professor do ISCED – Uíge por assédio sexual e corrupção passiva.

O referido professor, que lecciona a disciplina de Química Orgânica, no Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED), naquela província, é acusado de supostamente ter assediado as alunas e cobrado dinheiro aos alunos em troca de melhores notas na sua disciplina.

A informação foi prestada ao Correio da Kianda pelo porta-voz do SIC – Uíge, Zacarias Fernando, tendo adiantado que o professor em causa é acusado pelos estudantes de criar dificuldades na sua disciplina, que muitos consideram difícil de obter positivas, pelo que terá criado um staff que tratava de alistar, tanto homens como mulheres, quem estivesse com interesse de aprovar na sua cadeira.

Segundo o porta-voz, a detenção aconteceu em flagrante delito, numa das hospedarias da cidade do Uíge, mediante uma denúncia de uma das suas vítimas, no caso, sua estudante, que o professor terá convidado para o local a fim de instrumentalizar os seus intentos.

A estudante, de 22 anos de idade, não é a única vítima, pois depois de ser denunciado, uma outra estudante, de 23 anos de idade, veio a confirmar as acusações contra o professor.