Connect with us

Sociedade

SIC detém outro cidadão por furto de valores através do Multicaixa Express em Cacuso

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal, no âmbito do combate aos crimes financeiros e fiscais, deteve, recentemente, no município de Cacuso, um cidadão nacional, de 29 anos,  que se dedicava a prática de furto de valores monetários, bem como em movimentos fraudulentos na agência do BFA no referido município por meio de tecnologia informática, utilizando o Multicaixa Express.

De acordo com um documento do SIC, a que o Correio da Kianda teve acesso, o suposto criminoso é ainda acusado de  ter retirado do BFA Kz 3.998.700.00 (três milhões, novecentos e noventa e oito mil e setecentos kwanzas).

A detenção do suposto “hacker” só foi possível através de diligências feitas pelos efectivos deste SIC, de acordo com o documento, que resultou na detenção do presumível autor do crime, que ainda simulou ter desmaiado, tendo sido levado, após a tentativa de simulação, pelos efectivos do SIC , ao hospital para pronto atendimento.

Depois de receber a assistência médica e medicamentosa, tentou ludibriar os efectivos que  encontravam-se no local, tendo perpetrado uma tentativa de suicídio, através do tecto do referido hospital e tentado atirar-se ao solo,  o que acabou por se evitar, depois da pronta intervenção dos efectivos do SIC.

De recordar que há um mês, o Correio da Kianda noticiou que o SIC deteve, também em Cacuso, um cidadão nacional que se dedicava ao furto de valores monetários e movimentos fraudulentos nas agências do BPC por meio de tecnologia informática.

O cidadão, de apenas 22 anos, está a ser acusado de, através do Multicaixa Express, ter retirado do BPC Kz 2.248.297.18 (dois milhões, duzentos e quarenta e oito e mil e duzentos e noventa e sete kwanzas a dezoito centavos).

Cacuso é pólo de produção agrícola e hidroeléctrico, com a Biocom e a Barreira de Kapanda, bem como várias outras fazendas produtoras.

Multicaixa Express: cidadão de 22 anos acusado de roubar Kz dois milhões do BPC