Connect with us

Sociedade

SIC detém cidadãos que comercializavam ovos de camaleão para supostamente curar SIDA

Published

on

Três cidadãos nacionais, com idades compreendidas entre os 25, 30 e 48 anos, foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal, na província do Uíge, num trabalho conjunto com a Polícia Nacional, depois de terem sido apanhados a comercializar 87 ovos de camaleão, ao preço de 25 mil kwanzas cada, que, segundo os mesmos, alegam servirem para o tratamento do VIH-SIDA.

Os cidadãos em causa, de acordo com o SIC, foram capturados em flagrante delito pelas forças policiais, na rua do Café, bairro Kakyuya, arredores da cidade do Uíge, no momento em que comercializavam os presumíveis ovos “milagrosos” ao preço de 25 mil kwanzas cada.

Contas feitas, caso se concretizasse a venda dos 87 ovos de camaleão, os supostos criminosos teriam engordado os seus bolsos, com um valor na ordem dos dois milhões e cento e setenta e cinco mil kwanzas.