Connect with us

Sociedade

SIC detém estudante universitário que ganhava dinheiro fazendo prova dos amigos

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal deteve esta quinta-feira, 08, um cidadão, de 24 anos, após ser apanhado em flagrante a realizar prova de recurso de Contabilidade do amigo, em troca de vinte e dois mil kwanzas.

Segundo o Director de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC em Malanje, Inspector-Chefe Augusto Barros André, trata-se de um estudante do 3° ano do curso de Contabilidade, do Instituto Superior Politécnico Dom Alexandre Cardeal do Nascimento.

Referiu o oficial de comunicação do SIC em Malanje, em entrevista ao Correio da Kianda, que o facto ocorreu quando o  implicado introduziu-se numas das turmas do Instituto Superior da Catepa, com finalidade de efectuar provas de recurso de Contabilidade Financeira do curso de Gestão de recursos Humanos, em nome de um amigo, em troca de dinheiro.

Revelou, por outro lado a este jornal, que o mesmo estudante há muito que realiza provas em nome de outros estudantes, que também serão identificados para a devida responsabilização. Na ocasião foram apreendidos o enunciado da prova, folha de prova já preenchida entre outros documentos.

Continue Reading
27 Comments

27 Comments

  1. Cecilio dos Santos

    09/02/2024 at 4:46 pm

    Acredito que este estudante é um gênio!!
    Apesar da fraude, é um caso de estudos, não devemos matar este cérebro porque é uma mais valia para o país.

    • DBMUNGANDA

      10/02/2024 at 12:47 pm

      Qual Gênio? Todos estudantes universitários podem bater a prova de contabilidade normalmente não importa os pedidos, aqui na Lueji tem bons estudantes, se for para fazer dinheiro muitos fariam, mas fraude é traude e tem consequências.

    • Arlinda Santos

      10/02/2024 at 1:08 pm

      Genio? Este é o futuro dirigente corrupto não confunda…por isso que este país anda como está…

    • Martinho Tavares

      10/02/2024 at 2:03 pm

      Vamos avançar

    • Augusta Santos

      10/02/2024 at 5:49 pm

      Devia era ter vergonha de escrever esse comentário. Por essas e outras que tal, O país anda como anda, sem saber o que fazer

    • Carlos Neto

      11/02/2024 at 8:14 am

      O engraçado é vcs dizerem isso tipo nunca fizeram.

      E isso todo mundo puder fazer a prova de contabilidade é truque acho q não tens contabilidade

  2. Wallace

    10/02/2024 at 8:58 am

    Não prenderam o outro estudante que foi a recurso?

  3. Simara

    10/02/2024 at 1:33 pm

    Cometendo crimes desperdiçando a inteligência que Deus lhe deu para fazer coisas grandiosas. Triste ☹️

  4. Francisco Mussili

    10/02/2024 at 2:42 pm

    Prenderam a pessoa errada, os criminosos são aqueles que lhe pagam pra ele fazer a prova…

  5. Freeman

    10/02/2024 at 3:23 pm

    Deviam capitalizar esse cerebro. Ladrões são o governantes que marginalizam cerebros ao ponto de se vender por quinhentas Para sobreviverem ao desemprego.
    Atitude condenável, obviamemte, Mas deixa uma mensagem implicita sobre alguma coisa.

  6. Dionizia Domingos

    10/02/2024 at 4:55 pm

    Genio ou não isto è um crime, porque não dà aulas particulares a estes amigos ao envez de usar mal a sua genuidade. Não se pode dar-lhes sempre o peixe, tens de ensinar-lhes a pescar.

  7. Paulo Francisco

    10/02/2024 at 5:07 pm

    Infelizmente, jovens dotados na nossa sociedade, usam esse meio como forma de obterem uma mais valia, para resolverem problemas de ordem financeira. Não sabem com a devida responsabilidade que tal desempenho constitui crime à luz do código civil. Falsificação e burla é punível e desprezível na nossa sociedade.
    Aproveito, para chamar a atenção para os jovens e cidadãos em geral que realizam trabalhos de gabinete e secretaria para certos diretores, de uma forma informal, isto é, sem contrato de trabalho que defina o seu cargo e desempenho em concreto, que essa ação também é punível por lei. Essa ação dá cadeia, seja ela desempenhada para uma empresa privada ou do Estado. Fazer-se passar por outra pessoa, ou por ela realizar trabalho, sem contrato ou conhecimento da hierarquia superior, é crime.

    • Mateus Kissambo

      10/02/2024 at 8:48 pm

      A luz do código civil?🤣🤣🤣
      Está plasmado no artigo 251° conjugado com artigo 417°, do código Penal vigente….

      É assim esta estabelecido ilustre..

    • José Lembe

      11/02/2024 at 4:06 am

      A culpa disso tudo é do Partido que governa o País. Não dá emprego mata o seu povo com fome, cria leis que só lhe favorecem na sua ditadura deviam prender os que fazem fraude nas instituições do estado.
      E o SIC também não têm trabalho nos bairros os marginais aumentaram significativamente eles é só garimpo de água.

    • Virgílio Afonso Tchicolo

      11/02/2024 at 9:02 am

      Código civil nunca puniu ninguém.

  8. Simão Eduardo

    10/02/2024 at 6:06 pm

    Por isso o nosso ensino nunca, será valorizado, precisamos mudar para que o nosso ensino sejá um dos melhores cá em África. Essas práticas estão totalmente reprovadas vamos melhorar.

  9. Ezequiel Trilatero

    10/02/2024 at 7:41 pm

    Eu estou admirado com a tamanha coragem que este jovem teve, o dom da inteligência é para ser usado de forma positiva e não negativa.

  10. Tobias Maurício

    10/02/2024 at 9:14 pm

    O problema é o governo que não valorizam estudantes, sabe você encontra um bom estudante mas cujo esse estudante tem problemas financeiros e concorre para bolsa de estudos não é cedido, só porque não tem alguém dentro, como não fazer esse tipo de coisa para sustentar seus estudos? Pensem comigo ninguém vai me dizer que é justo aí a 100%

  11. Nelson Mabote

    11/02/2024 at 5:51 am

    E fraude sim o que esse jovem fez porque fere os princípios ou políticas de qualquer instituição educacional com relação às provas, contudo,dou lhe razão e não lhe tiro o mérito de ser gênio; afinal de contas mesmo com sua inteligência ou conhecimento adquiridos durante muito tempo os nossos governantes não nos oferecem o emprego para compensar isso e ele viu o único meio de ganhar dinheiro mesmo não sendo a plausível até porque esse dinheiro se não fosse dele seria de docentes porque eles também são corruptos de caraças.

  12. Ana Portela

    11/02/2024 at 7:35 am

    Por isso a incompetência é muito grande no seio dos quadros e funções. Provas e licenciaturas compradas abundam sobretudo na função publica

  13. Neto Henrique Francisco

    11/02/2024 at 10:10 am

    Neste país, a maioria das pessoas que estudam de verdade, acabam vendendo no mercado ou ficam sem oportunidade. temos pessoas que deram toda sua vida pelos estudo, para dar uma contribuição no país, mas quando chega o momento de concorrer para um emprego, não olham pelas suas ablidades, mas aqueles que passavam o dia no bairro e não gostava de estudar, este é o que tem merecimento, porquê é filho do fulano.este é a realidade do nosso país primeiro as pessoas que nos dirigem devem ser mais honestos e verdadeiros, a educação começa dos pais e termina nos filhos não o inverso.

  14. Alkamal

    11/02/2024 at 1:33 pm

    Atitude inadmissível! Mas deviam também investigar e prender professores e estudantes q qie se envolvem em troca de notas. Isso é recorrente e ninguém faz nada! Oi seja, fingem q não sabem de nada.

  15. Humilde Muzumbi

    11/02/2024 at 2:43 pm

    Aquando da minha estadia na universidade também já realizei provas de outros colegas principalmente de instituições diferentes, tudo por que na altura eu precisa de valores, para puder financeira os meus projectos de investigação. Pois para nosso estudantes conseguir apoio é muito difícil, pois as bolsas do que poderia ajudar os estudantes com dificuldades financeiras é concedida em maior parte pelos que já têm boas condições financeiras!

  16. Delfina Sony

    11/02/2024 at 2:58 pm

    Infelizmente é uma triste realidade, agora parece que virou moda fazer tal coisa. Mas vale pagar um recurso ao invés disso.
    Mas independente do que tu fizeste, que o Sr Deus esteja contigo.

  17. Augusto Catumbela Mangugas

    11/02/2024 at 4:36 pm

    Isto é uma atitude inadequada, portanto, o indivíduo deve ser responsabilizado juntamente com os supostos estudantes

  18. Henrique Gonçalves Sampaio

    12/02/2024 at 9:11 am

    Azar não é só óbito 😭😭😭😭

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas