Connect with us

Sociedade

SIC detém cidadão por lançar fogo no aeroportuário

Published

on

Um cidadão nacional foi detido pelos Serviços de Investigação Criminal (SIC), no Moxico, por lançar fogo no perímetro do Aeroporto do Luena “Comandante Dangereux”, revela uma nota de imprensa dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB).

De acordo com o documento referente às acções dos últimos sete dias, a que a Angop teve acesso hoje (quinta-feira), trata-se do cidadão Domingos Manuel, 60 anos de idade, morador do bairro Mandembué, arredores da cidade do Luena, cuja área circunda o aeroporto local.

O infractor confessou o sinistro, que não causou danos humanos e materiais, graças a pronta intervenção do efectivo dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros estacionados no aeroporto.

Para acautelar tragédias por incêndios, o efectivo da corporação aconselhou a população a cumprir com as regras básicas de prevenção, evitando queimadas, principalmente nesta época seca, refere a nota.

No mesmo período, acrescenta, os bombeiros extinguiram um outro incêndio, por fuga de gás, no bairro “Sinai Velho”, que causou danos materiais calculados em 256 mil kwanzas, mais dois em comparação com igual período anterior.

Indicou que no âmbito dos serviços de socorro, os SPCB prestaram 20 assistências as aeronaves que aterraram no aeroporto “Comandante Dangereux”, 18 reinspecções, 10 assistências em actos públicos, três revisões de medidas e igual número de atendimento pré-hospitalares e visita pré-operativas.

A ministração de seis aulas teóricas e práticas aos efectivos dos Bombeiros, sobre a ética e deontologia profissional, assistência com vítimas de massa e triagem, bem como a realização de sete patrulhamentos apeados ao longo do rio Mushimoji, localizado a 15 quilómetros a sul da cidade do Luena, foram, entre outras, as actividades promovidas.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *