Connect with us

Sociedade

SIC detém burladores que actuavam nas redes sociais

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal no Uíge desmantelou esta terça-feira, 24, uma rede de burladores residente em Luanda, composta por dois cidadãos que se dedicavam a burla nas redes sociais e troca de cartões de crédito nos ATM.

Os acusados criavam plataformas falsas para activação de aplicativos Multicaixa Express no Facebook, informou o comunicado do SIC, adiantando ainda que, ao todo, foram detidos onze cidadãos nacionais envolvidos em crimes diversos.

O subinspector de investigação criminal, Zacarias Fernando, Director Interino do Gabinete de Comunicação local e porta-voz do SIC Uíge, informou também que foi detido um grupo de meliantes composto por nove cidadãos que se dedicavam ao cometimento de vários crimes na via pública e em residências, com recursos a armas de fogo, dentre eles, um segurança privado que fornecia munições aos criminosos.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.