Connect with us

Sociedade

SIC destrói quatro mil quilos de estupefacientes e mais seis mil de “liamba”

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal no Bengo destruiu, nesta quarta-feira, 21, mais de quatro mil quilogramas de estupefacientes e 6849 pés de cannabis sativa, vulgo liamba, apreendidos no período de Junho de 2020 à Março do ano em curso, cujo acto teve lugar, no Centro de Instrução do Sassa Caria, em Caxito.

O acto foi presidido pelo procurador Mário José Zau Iúvula que na ocasião disse que o referido acto representa o trabalho que o Serviço de Investigação Criminal e outros órgãos do Ministério do Interior têm estado a exercer no âmbito do combate ao tráfico de drogas e que o objectivo é desencorajar todos aqueles que exercem actividades ilícitas, quer de produção ou de tráfico de estupefacientes.

De acordo com o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, Subinspector de Investigação Alfredo Duarte, a referida droga foi apreendida nos municípios do Ambriz, Nambuangongo e na comuna do Kicabo, município do Dande, e tinha como destino à capital do país, Luanda.

Alfredo Duarte disse, igualmente, que de Junho de 2020 à Março de 2021, foram detidos 40 cidadãos por crime de posse e tráfico de estupefacientes, julgados e condenados pelo Tribunal da Comarca do Dande, que se encontram a cumprir as suas penas aplicadas pelas autoridades judiciais no Estabelecimento Penitenciário do Caboxa.

Presenciaram o acto membros do Conselho Consultivo, oficiais, subchefes e agentes do SIC/Bengo.