Connect with us

Economia

SIC confirma apreensão dos mais de um milhão de dólares no Aeroporto 4 de Fevereiro

Published

on

Sem avançar os nomes dos envolvidos, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) confirmou, esta quarta-feira, 17, em Luanda, a apreensão de três cidadãos de nacionalidade guineense e um angolano, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, quando tentavam sair do país de forma ilícita com um milhão e meio de dólares. Os implicados iam embarcar no voo da companhia aérea Ethiopian Airlines, com destino a Addis Abeba.

O porta-voz do SIC, Manuel Alaiwa, disse que os implicados “estão na condição de mula e pretendiam sair do país com estes montantes que lhes foi entregue por uma terceira pessoa que está por se determinar”.

“Os cidadãos guineenses são comerciantes, dois dos quais residem em Luanda e outro na Lunda-Sul. São vendedores de telemóveis, têm cantinas e comercializam bens alimentares diversos”, informou, em declarações à imprensa, o porta-voz do SIC.

“Há a intervenção de um cidadão angolano que é trabalhador da empresa Ghassist (técnico de segurança) que terá auxiliado a passagem do dinheiro depois da sala de inspecção para a sala de embarque”, denunciou, o esquema.