Connect with us

Politica

Sete presidentes confirmados para cimeira da SADC em Luanda

Published

on

Presidentes de sete países já confirmaram a participação na 43ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), a decorrer no próximo dia 17, em Luanda, com Angola a assumir a presidência rotativa da organização, por um ano.

Trata-se dos presidentes Hage Geingob (Namíbia), Félix Tshisekedi (República Democrática do Congo), Hakainde Hichilema (Zâmbia), Lazarus Chakwera (Malawi), Cyril Ramaphosa (África do Sul), Filipe Nyusi (Moçambique), Mokgweetsi Masisi (Botswana).

Segundo o secretário nacional da SADC, Nazaré Salvador, com excepção das Ilhas Comores e do Madagáscar, sancionados por incumprimento no pagamento de cotas anuais, todos os países membros da comunidade farão parte da cimeira, que decorre sob o lema “Capital humano e financeiro: os principais factores para a industrialização sustentável na região da SADC”.

A delegação do Lesoto será liderada pelo seu primeiro-ministro, enquanto a das Ilhas Seicheles terá como guia o vice-presidente deste país.

A cimeira ordinária da SADC realiza-se todos os anos e nela participam os Chefes de Estado e de Governo dos 16 Estados membros, nomeadamente Angola, Botswana, Comores, República Democrática do Congo, Eswatini, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seicheles, África do Sul, República Unida da Tanzânia, Zâmbia e Zimbabué.

A mesma conta igualmente com a participação de chefes de organismos continentais e regionais na qualidade de observadores.

A 43ª cimeira será precedida de reuniões de altos funcionários e do conselho de ministros da SADC, que preparam a ordem de trabalhos para os Chefes de Estado e de Governo.