Connect with us

Sociedade

Sete pessoas assassinadas em Luanda em 15 dias

Published

on

Sete pessoas foram mortas, de oito a 22 de Maio, em Luanda, durante os assaltos com recurso a armas de fogo e branca, registados nos municípios de Viana, Cacuaco, Kilamba-Kiaxi e Belas.

O director do gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior (MININT), intendente Mateus Rodrigues, disse que por envolvimento nos crimes foram detidas 11 pessoas com idades entre os 17 aos 22 anos.

Mateus Rodrigues afirmou que as mortes foram registadas durante os assaltos na via pública, residências e estabelecimentos comerciais.

A polícia deteve, igualmente, durante várias operações de combate ao crime realizadas nos municípios do Talatona, Cazenga e Belas, outros 62 suspeitos de envolvimento em roubos qualificados a mão armada, rapto e posse ilegal de arma de fogo.

Foram ainda apreendidas 21 armas de fogo de calibre diverso, duas facas, 14 viaturas, duas motorizadas e vários artigos e utensílios domésticos roubados. 

Mateus Rodrigues apelou a população para não mostrar resistência, sempre que forem interpelados por meliantes, com vista a proteger a vida, apelando para a contínua colaboração com a Polícia, denunciando os infractores.

Quanto ao número de viaturas roubadas, o oficial da corporação aconselhou aos proprietários  a instalarem o Sistema Global Posicionamento (GPS), no sentido de proteger o bem, a rápida localização e recuperação.