Connect with us

Mundo

Sergio Moro: de eleitor de Lula a carrasco do ex-presidente

Em 1989, Lula era o candidato preferido do juiz — que três décadas depois o condenaria à prisão

Published

on

Para 31 milhões de eleitores, Lula era o melhor candidato para ocupar a Presidência da República já em 1989. Responsável pela Operação Lava-Jato, Sergio Moro também pensava assim. Estudante do ensino secundario de Maringá (Município brasileiro do estado do Paraná), ele votou pela primeira vez aos 17 anos. Seu candidato preferido não passou do primeiro turno. Entre Lula e Fernando Collor, os dois finalistas, Moro não teve dúvida. Três décadas depois, os nomes dos dois ex-presidentes apareceram no gabinete do juiz, em Curitiba, envolvidos no maior escândalo de corrupção da história. Collor, que ganhou a eleição em 1989 e sofreu impeachment três anos depois, foi apanhado recebendo propina e seu caso, enviado ao Supremo Tribunal Federal.

O caso de Lula permaneceu sob os cuidados da Justiça Federal do Paraná, onde ele foi condenado por Sergio Moro por corrupção e lavagem de dinheiro. Com a negativa do Supremo de conceder um habeas-corpus ao ex-presidente, coube ao juiz emitir a ordem de prisão para que o petista começasse a cumprir a pena.

Sergio Moro de 45 anos, é casado com uma advogada e tem dois filhos. Estudou num colégio de freiras, foi professor e citava “Breaking Bad” nas aulas. Este é, o juiz que prendeu Lula da Silva.
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *