Connect with us

Mundo

Sem abrigo morreu na mesa de café onde vivia há dez anos

Published

on

morte de um sem abrigo de 74 anos de idade, na madrugada de 31 de maio, colocou na agenda mediática de Vancouver, no Canadá, problemas como a indigência e a galopante subida dos custos de rendas. Esta discussão voltou aos jornais por causa do caso particular de Ted, que morreu na mesa de café onde morava há dez anos.

Ted sofria de cancro, estava inclusive nos estádios finais da doença, mas não tinha como receber os cuidados adequados de saúde. De acordo com os amigos, citados pela CBC, era visitado por uma enfermeira de quando em vez.

O homem estava todos os dias, há cerca de dez anos, sempre na mesma mesa de num estabelecimento pertencente à cadeia de restauração canadiana Tim Hortons, tendo-se tornado uma figura conhecida daquele café, aberto 24 horas por dia.

Na madrugada de 31 de maio, Ted estava deitado sobre a mesa, onde esteve várias horas até alguém reparar na sua condição e chamar a ambulância. Foi levado para o hospital em estado crítico, por volta das 4h da manhã, mas acabou por não sobreviver.

O caso de Ted, que morreu num banco de restaurante, veio chamar a atenção para os custos de habitação em Vancouver, onde várias pessoas ficam sem casa por semana, de acordo com o Guardian. Mas chama também a atenção para o problema da pobreza, dizendo o Vancouver Sun que os trabalhadores de restaurantes que estão abertos 24h por dia nunca foram antes tão confrontados com situações de indigência.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *