Connect with us

Sociedade

Segurança no Hospital do Prenda reforçada após médico ser atirado da janela

Published

on

O Ministério da Saúde emitiu um comunicado a informar que está a trabalhar com o Ministério do Interior no sentido de aumentar a segurança do Hospital do Prenda e dos profissionais que nele desenvolvem as suas actividades, após um médico de clínica geral ter sido atirado da janela provocando fracturas graves nos membros inferiores, durante um acto de vandalismo ocorrido no último sábado.

Na nota datada desta terça-feira, 17, o MINSA diz ter tomado conhecimento da invasão, no dia 13 de Outubro de 2023, por volta das 22h, de indivíduos, supostamente familiares de uma cidadã do sexo feminino que deu entrada no Banco de Urgência do Hospital do Prenda já sem vida, “lamentavelmente sem possibilidades de reanimação, não obstante os esforços nesse sentido da equipa de profissionais da saúde em serviço”.

“Os referidos indivíduos invadiram e vandalizaram as instalações do Banco de Urgência, agrediram com objectos contundentes membros do corpo de segurança, alguns pacientes graves que acabavam de ser atendidos, elementos da equipa dos profissionais de saúde em serviço no local e, mais grave ainda, atiraram de uma janela do primeiro andar um dos médicos em serviço, de cuja a queda resultou uma tripla fractura no membro inferior esquerdo”, sinaliza o comunicado a qual o Correio da Kianda teve acesso.

A nota informa, igualmente, que “foram detidos no local e encaminhados às autoridades para o competente procedimento criminal, três dos elementos que mais se destacaram nessas acções de vandalismo, incluindo o ataque ao médico acima referenciado”.

“O Ministério da Saúde condena da forma mais veemente possível tais actos que, põem em grande perigo a vida e integridade dos profissionais da saúde, instalações e equipamentos que mais não servem, senão para salvar vidas humanas”, reforça a nota.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *