Connect with us

Sociedade

Segunda fase da greve dos trabalhadores das Pescas com tempo indeterminado

Published

on

A segunda fase da greve dos trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos, deve decorrer por tempo indeterminado.

De acordo com Eugênia Xirimbimbi, da Comissão Sindical, está prevista para a próxima quarta-feira, 29, a realização de uma conferência de imprensa onde será feito o balanço da primeira fase da greve, que decorreu de 06 a 10 do mês em curso.

Será apresentado, igualmente, provas sobre a legalidade da Comissão Sindical, assim como denunciar práticas que represálias com que os trabalhadores estão a passar por terem aderido a greve geral convocada pelas Centrais Sindicais.

Eugênia Xirimbimbi afirma que caso o Ministério de tutela não se pronunciar, a greve não terá fim com paralisação total dos serviços.

Recordar que paralisação dos trabalhadores do sector, surge na sequência de reivindicações antigas, constantes do caderno reivindicativo de 14 pontos, além da falta de condições laborais e sociais, falta de alimentação diária, ausência de cartões de saúde e de compras, ajustes salariais e actualização de categorias.

Ministério das Pescas considera ilegal greve de trabalhadores e promete faltas injustificadas