Connect with us

Economia

Sector das pescas aposta na produção da «Espirulina»

Published

on

O Ministério das Pescas tem em carteira um projecto avaliado em cerca de 250 mil dólares para a produção da espirulina- micro alga, rica em proteínas- que será desenvolvido num período de 18 meses.

A titular da pasta, Victória de Barros Neto disse o ministério vai trabalhar em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) e terá a colaboração da Associação Nacional dos Aquicultores.

A província do Cuanza Norte vai receber a instalação de uma unidade no Centro de Formação e Processamento do Ngolome, onde os aquicultores serão chamados a replicar e expandir a produção desta proteína nos locais que apresentarem condições propícias.

Esta acção, conforme a dirigente, visa contribuir no melhoramento do estado nutricional das populações e dinamizar o processo da diversificação económica no país. A primeira experiência de produção da “Espirulina” no país ocorreu em 2013 e 2014, no Kikuxi,

Segundo a governante, com a colaboração e participação dos ministérios da Saúde, Educação e Organizações Não Governamentais, o sector que dirige trabalhará com vista ao processamento e a divulgação da utilidade nutricional da “Espirulina”.

Apelou ao empresariado nacional e estrangeiro a aproveitar esta oportunidade para diversificar os seus negócios e as suas fontes de receitas, iniciando uma carreira empresarial de futuro e de grande sucesso para o aumento do auto emprego.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *