Connect with us

Politica

Secretariado Nacional da JMPLA aborda vida interna da organização na III sessão ordinária

Published

on

O secretariado nacional da JMPLA reuniu-se nesta nos dias 12 e 13 de Fevereiro, em Luanda, no complexo do Futungo II, para dar início ao seu programa de intensificação do diálogo juvenil, a mobilização política e social e a inserção activa da JMPLA nos principais seguimentos da juventude angolana, com particular atenção ao ensino geral e superior.

No discurso de abertura, o Secretário Geral do MPLA e Coordenador do Grupo de Acompanhamento do Secretariado do Bureau Político às Organizações Sociais do partido dos camaradas, Paulo Pombolo, considerou ser necessário um “olhar de forma atenta e especializada o uso da Internet, tendo em conta o seu impacto na sociedade, em particular na juventude”.

Paulo Pombolo defendeu a ideia de que a JMPLA – organização juvenil do partido governante em Angola, deve ter uma actuação inteligente e em bloco nas principais redes sociais, tirando vantagens das ferramentas digitais, de forma crítica e estratégica, “pois, chegou a hora de carregar o acelerador na implementação da estratégia e da táctica, com muita intensidade, disciplina, patriotismo e vigilância”.

Para o Secretário Geral do MPLA, apesar das dificuldades que a pandemia impõe, “há a necessidade de a JMPLA se reinventar, criar e inovar sempre”, tendo, no entanto, encorajado a iniciativa da força juvenil do seu partido sobre o reforço do seu crescimento, denominada ‘cada militante mais 3 jovens’, com recurso aos mecanismos digitais para o contínuo ingresso de jovens que voluntariamente manifestam o interesse de fazer parte da JMPLA. Desafiou ainda os militantes da Jota “a subir as cifras para mais 10, mais 20, mais 30, mais 60, mais 100, 1.000, 1000.000 e muito mais”, de novos militantes.

Outra orientação Baixada pelo Secretário-Geral do MPLA à JMPLA é a contínua contribuição, mobilização e o esclarecimento dos “jovens sobre o que está a ser feito pelo Executivo liderado pelo Camarada Presidente João Lourenço e a sua necessidade de participação activa no desenvolvimento do país”.

Já o Primeiro Secretário Nacional da JMPLA, Crisiniano dos Santos, começou a sua intervenção por lembrar os militantes que o ano 2020 foi difícil, particularmente, para os jovens, por força do impacto negativo da COVID-19 sobre as empresas e que muitos postos de trabalho perderam-se e alguns negócios regrediram. Referiu ainda que a organização juvenile que lidera vai continuar apoiar o Executivo liderado pelo Camarada Presidente João Lourenço, na busca de soluções concretas que venham a alavancar o auto-emprego e a impulsionar a participação da juventude no aumento da produção nacional.

No seu discurso de encerramento o também Membro do Bureau Político do Comité Central do MPLA recomendou o reforço da unidade no seio da Organização, por forma ao alcance dos objectivos pretendidos, apelando, no entanto aos Jovens militantes da JMPLA com funções a nível das diferentes instituições públicas ou privadas, a demonstrar lealdade aos princípios da moralidade, ética e da responsabilidade no exercício das suas funções com sentimento patriótico para que possamos ter uma Angola preparada e capaz de enfrentar e vencer os grandes desafios do presente e do futuro.

Crispiniano dos Santos convidou os jovens angolanos “a se juntarem à JMPLA na prossecução da missão histórica e patriótica de auxiliar o Governo e as famílias, na construção de uma Angola mais desenvolvida, democrática e inclusive”.

Aprovação de relatórios

Os membros do Comité Nacional  analisaram, no mesmo encontro, a vida interna da JMPLA, com realce para o seu funcionamento e metodologia de trabalho, visando assegurar permanentemente a operacionalidade das suas estruturas à todos os níveis.

De igual modo, o Órgão Superior da JMPLA apreciou e aprovou o Relatório Anual de Actividades do Comité Nacional da JMPLA referente ao ano de 2020, o Plano de Actividades do Comité Nacional da JMPLA para o ano de 2021,  O Balancete Financeiro referente ao ano de 2020,  O Orçamento do Comité Nacional para 2021, O Relatório Anual de Actividades da Comissão de Auditoria e Disciplina do Comité Nacional referente ao ano de 2020, O Plano Anual de Actividades da Comissão de Auditoria e Disciplina do Comité Nacional para o ano de 2021.