Connect with us

Desporto

Sebastian Vettel (Ferrari) conquista pole no GP do Japão

Published

on

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, superou seu companheiro de escuderia, o monegasco Charles Leclerc, e conquistou a pole position do Grande Prêmio de Fórmula 1 do Japão deste domingo, em treinos classificatórios disputados apenas três horas antes do início da corrida, que começa às 14H10 locais (2H10 no horário de Brasília).

A segunda fila do grid de largada no circuito de Suzuka, onde será disputada a 17ª prova da temporada, ficou com as Mercedes do finlandês Valtteri Bottas e do britânico Lewis Hamilton, líder do campeonato.

Os pilotos da Ferrari, que haviam ficado atrás das Mercedes nos treinos livres de sexta-feira, disseram estar “surpresos” por terem conseguido a primeira fila do grid de largada, com um novo recorde do circuito para Vettel (1 min 27 segundos 064/1000).

Esta é a quinta pole consecutiva para a Scuderia, que ganhou três das últimas quatro corridas desde o fim da pausa de verão.

O GP do Japão desperta um interesse a mais em meio às tensões que surgiram entre Vettel e Lecrerc, que disputam o posto de número um na escuderia, durante as últimos GPs em Singapura e Rússia.

O desempenho da Mercedes também será acompanhado de perto. Se seus pilotos conseguirem 14 pontos a mais que a Ferrari, a escuderia poderá se sagrar campeã do mundial já em Suzuka.

Na competição por pilotos, Hamilton pode eliminar Leclerc, Verstappen e Vettel. Bottas ficaria então matematicamente como único competidor, mas as instruções da equipe já colocaram o finlandês em segundo plano para este final de temporada.

A terceira fila será ocupada pelos Red Bull do holandês Max Verstappen e do tailandês Alexander Albon; a quarta para as McLaren do espanhol Carlos Sainz Jr e o britânico Lando Norris e a quinta para os franceses Pierre Gasly (Toro Rosso) e Romain Grosjean (Haas).

Os mecânicos de Williams, Haas e Renault ficarão muito ocupados até o início do GP, já que o polonês Robert Kubica e o dinamarquês Kevin Magnussen se acidentaram durante a classificação, quando o alemão Nico Hülkenberg foi vítima de um problema com a caixa de velocidade por perda de pressão hidráulica.

Os treinos classificatórios foram adiados de sábado para domingo devido à passagem do tufão Hagibis pelo Japão, onde provocou inundações e deslizamentos de terra, deixando ao menos 11 mortos.

 

AFP

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas