Connect with us

Politica

“Se nos empenharmos, estaremos em condições de alimentar o nosso povo”

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, ressaltou as potencialidades agrícolas da província do Uíge, durante visita a feira agro-pecuária esta sexta-feira, 23.

“A visita que acabamos de realizar à feira deu para ver que Dom Caetano (músico), afinal tem razão, o nosso chão dá tudo, é uma questão de nos empenharmos, de trabalharmos e estaremos em condições de alimentar o nosso povo”, sustentou, em declarações publicadas pela ANGOP.

João Lourenço reconheceu ainda iniciativas dos jovens no ramo tecnológico que, segundo o presidente, “bem aproveitadas e difundidas para o resto do país, só temos a ganhar”.

“Refiro-me, por exemplo, a algo que eu nunca imaginava que pudesse ser possível produzir, bolacha a partir da farinha de mandioca, e vimos aqui com os nossos olhos e, em princípio, vamos apoiar esses jovens para ver se esta experiência pode ser tomada pelas outras províncias”, comprometeu-se.

O Chefe de Estado angolano, que já se encontra a caminho de Luanda, finalizou assim uma visita de dois dias ao Uíge, onde orientou, ontem, a 1ª Reunião do Conselho de Governação Local (CGL), com a participação dos governadores das 18 províncias e de titulares de departamentos ministeriais.

Dentre os temas tratados nesta sessão do Conselho da Governação Local, segundo o Governo, estão o Plano Nacional de Electrificação Rural; Programa Emergencial de Contenção de Ravinas e de Construção e Reabilitação de Estradas Nacionais; Projecto de Autoconstrução Dirigida; Balanço e Perspectivas sobre o Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM); Proposta de Alteração da Divisão Político-Administrativa do país e o Relatório sobre a Execução do Programa de Fortalecimento da Protecção Social (Kwenda).

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas