Connect with us

Politica

Sapalo António desafia Benedito Daniel para um debate sobre quotização do PRS

Published

on

Depois da veiculação da informação no Correio da Kianda sobre a não quotização do presidente do PRS, Benedito Daniel, há mais de 10 anos, o ex-vice ministro do Indústria do GURN e antigo presidente da bancada parlamentar desta formação política, Sapalo António, numa conversa ao nosso Jornal, o político lamentou tal informação e desafia Benedito Daniel para um “frente à frente” para discutir sobre o papel de um líder numa organização.

Conforme noticiamos na terça-feira passada, da denúncia de alguns militantes do PRS estarem agastados pelo facto do actual líder dos Renovadores Sociais nunca ter pago quota ou contribuição ao partido há mais de 10 anos, Sapalo António diz que “é dever inquebrável do militante, independentemente da sua função, honrar as suas obrigações financeiras (quotas e as contribuições devidas), regularmente, nos termos das normas estatutárias e regulamentares”.

O político e antigo responsável para as finanças do PRS foi mais afundo, acusando o presidente do PRS de nunca ter pago quota desde a sua militância, se não, quando mostrava a sua intenção de candidatar-se. “O pagamento da quota financeira apenas na candidatura à Presidente do PRS, além de oportunista, não foi justo, tanto mais, durante a sua militância nunca o fez”.

Quanto às imunidades do presidente do PRS de não pagar quota ao partido, o também economista, fez saber que nunca os órgãos de direcção do partido produziram uma deliberação a isentar o presidente do partido de honrar as obrigações financeiras (quotas mensais e os 10% do seu salário mensal como deputado)”, fez saber

Já a suposta alteração do tempo de mandato do presidente e dos órgãos deliberativos, o político frisou “que o Congresso de 2017, reduziu e aprovou a realização dos congressos do PRS de 4 em 4 anos, disse e sublinha que os 6 anos foram forjados à margem do Congresso pelo senhor Benedito.

Sapalo desafia aos órgãos de comunicação social do país, para um debate com Benedito Daniel: “peço à comunicação social promover debate rádio e televisivo entre Sapalo António e Benedito Daniel”, frisou.

“Todas as organizações partidárias nacionais e internacionais, incluindo Estados durante a pandemia da COVID-19 realizaram e continuam realizar as suas reuniões e eleições normalmente. A justificação do sr. Benedito é questionável e sancionável”, finalizou.

Benedito Daniel acusado de não pagar quota do partido há mais de dez anos

Colunistas