Connect with us

Lusofonia

São Tomé e Príncipe: Governo garante retorno à normalidade depois da tentativa de golpe de Estado

Published

on

O Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, garantiu em Conferência de Imprensa, que o país já voltou à normalidade, depois de ter havido uma tentativa de golpe de Estado, neutralizado pelas autoridades locais.

Patrice Trovoada disse que os jovens que atacaram ontem o quartel militar são “civis mercenários”.

A imprensa internacional e local diverge quanto ao número de mortos. Uns falam em quatro e outros em cinco mortos, incluindo o mandante. O Primeiro-Ministro Trovoada sublinhou que o ataque provocou ferimento grave a uma pessoa.

Explicou ainda que no momento do ataque, às 01h40 desta sexta-feira, 25, enquanto três jovens se encontravam no interior do quartel, um quarto elemento, descrito como o mandante, os aguardava na parte exterior, em uma viatura para a fuga.

Trovoada afirmou que os quatro jovens pretendiam roubar mais armas para acções mais pesadas.

Acusou “algumas entidades” de estarem por trás do ataque, que está a ser descrito como tentativa de golpe de Estado.

São Tomé e Príncipe: quatro militares tentam golpe de Estado