Connect with us

Politica

Saída de Manuel Vicente do BP do MPLA é resultado de comum acordo com João Lourenço

Published

on

Depois de ter regressado a cidade alta, para assessorar o presidente da República, João Lourenço, sobre o assuntos do sector petrolifero e gás, e quando tudo apontava para ascensão politica de Manuel Vicente, e a sua manutenção no BP do MPLA, órgão de direcção daquele partido, o novo presidente do MPLA, decidiu afastar do BP, Manuel Vicente, e nomear para o BP outros empresários sem histórico de militância a semelhança de Vicente, como é o caso de Luís Fonseca Nunes, da construtora Omatapalo, nomeado Governador da Huíla, Manuel “Nelito” Monteiro, membro do Conselho de República e empresário agrícola e fundador do Banco Pungo Andongo.

Segundo a Newslater AM, a saída de Manuel Vicente (MV) do BP do MPLA, é resultado de comum acordo com agora presidente do MPLA, João Lourenço. MV sempre denotou pouca apetência pelo jogo político e, no âmbito da recuperação da imagem do partido e do país em termos de corrupção, o seu distanciamento em relação ao partido foi entendido por JL como desejável.

Apesar da rotura com o passado declarada pelo novo Homem forte do “Kremlin”, tudo indica que, Manuel Vicente continua a ser um “player” importante nos corredores do poder em Angola.