Connect with us

Mundo

SADC convoca cimeira para abordar crise humanitária devido à seca causada pelo El Niño

Published

on

Em resposta à crise humanitária desencadeada pela seca decorrente do fenómeno El Niño, a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) anunciou a realização de uma Cimeira Extraordinária virtual de Chefes de Estado e de Governo. O evento está agendado para o dia 20 de Maio de 2024 e tem como objectivo principal avaliar a situação na região, que impactou negativamente a vida e os meios de subsistência de aproximadamente 58 milhões de pessoas.

A presidência da sessão da Cimeira Extraordinária ficará a cargo do Presidente da República e actual Presidente em Exercício da SADC, João Lourenço.

Segundo comunicado enviado à redacção do Correio da Kianda, durante o encontro, serão discutidas e avaliadas as medidas a serem implementadas para mitigar os efeitos da seca e abordar a crítica situação de segurança alimentar e nutricional na região da SADC.

Um ponto crucial da cimeira será o lançamento do Apelo Humanitário da SADC pelo seu presidente, destacando as necessidades prioritárias da população afectada e apelando ao apoio imediato dos parceiros regionais e internacionais para responder a essas necessidades.

De acordo com o artigo 10.º do Tratado da SADC, a Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da SADC é a autoridade máxima responsável pela orientação política geral e pelo controle das funções da Comunidade, tornando-se a instituição suprema de definição de políticas da região.

A Cimeira Extraordinária será precedida por uma série de reuniões:

  • 13 de Maio de 2024: Reunião conjunta de altos funcionários dos sectores da agricultura, água, energia e gestão do risco de desastres.
  • 14 de Maio de 2024: Reunião conjunta dos Ministros responsáveis pela Agricultura, Água, Energia e Gestão do Risco de Desastres.
  • 18 de Maio de 2024: Reunião do Comité Permanente dos Altos Funcionários da SADC.
  • 19 de Maio de 2024: Reunião do Conselho de Ministros da SADC.

El Niño 

Segundo informações disponíveis na internet, o El Niño é um fenómeno atmosférico e oceânico que provoca um aquecimento anormal das águas superficiais do oceano Pacífico Tropical. Este fenómeno pode perturbar o clima regional e global, alterando os padrões de ventos globais e modificando o regime de chuvas em baixas e médias latitudes.

É um evento climático cíclico que pode gerar ondas de calor, secas ou enchentes a depender da região. A duração média do fenómeno é de doze meses. O El Niño de 2023-2024 é o mais forte dos últimos anos, com uma alta na temperatura das águas que chegou a superar os 2°C.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas