Connect with us

Mundo

Rússia vai punir até cinco anos de prisão por ‘fake news’ sobre Coronavírus

Redação

Published

on

Do leque de propostas também faz parte um pacote legislativo que inclui multas mais duras para quem não respeite o confinamento obrigatório.

Numa altura em que proliferam as ‘fake news’ sobre o novo surto de coronavírus, os deputados russos preparam-se para aprovar, nesta terça-feira, uma lei que prevê penas bastante severas para quem divulgue informação falsa. Uma pena que pode chegar  até aos cinco anos de prisão.

O texto que vai ser promulgado no parlamento russo prevê que uma pessoa seja condenada por partilhar intencionalmente informações “falsas”, sendo que no quadro das punições fica ainda ainda prevista uma multa que pode chegar aos  23 mil euros, segundo avança o meio de comunicação francês Le Figaro.

Do leque de propostas também faz parte um pacote legislativo que inclui multas mais duras para quem não respeite o confinamento obrigatório, previsto para limitar a propagação do novo coronavírusAtualmente, a Rússia possui 1.836 casos confirmados de Covid-19 e nove mortes.

Nesta segunda-feira, Moscovo colocou os 12 milhões de habitantes que residem na capital russa num regime de quarentena obrigatória, sendo que mais uma dúzia de regiões do país adoptou esta medida.

 

NOTÍCIAS AO MINUTO

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania