Connect with us

Economia

Rússia quer dinamizar relações comerciais com Angola

Published

on

O Governo da Federação Russa pretende dinamizar e aumentar as suas relações comerciais com Angola, investindo na produção de carne bovina e suína e ajudar na industrialização do país.

Esta intenção ficou vincada nas palavras proferidas pelo Embaixador da Rússia em Angola, Vladimir Tararov, durante o encontro que manteve com o Secretário de Estado do Comércio, Amadeu Leitão Nunes, esta sexta-feira, 22, no Palácio de vidro, destaca o comunicado ao qual o Correio da Kianda teve acesso.

O Decreto Presidencial n.º 23/19, que tem suscitado algumas contestações por parte dos parceiros comerciais de Angola junto do Organização Mundial do Comércio, mereceu especial atenção na conversa mantida entre as duas entidades.

Sobre o assunto, Amadeu Nunes sublinhou que o decreto não proíbe a importação, mas sim, dá um maior impulso ao fomento da produção nacional, atendendo a mudança de paradigma que o Executivo tem vindo a imprimir na sua estrutura económica, com vista a diversificação da economia.

O Secretário de Estado anunciou que o país está a trabalhar na revisão, da redacção de alguns artigos, do referido decreto, a fim de conferir maior conforto aos seus parceiros comerciais.

Para o futuro ficou o compromisso dos países estudarem novas áreas para importação e exportação que sejam mutuamente vantajosas.

Colunistas