Connect with us

Politica

“Rússia é um país amigo”, diz Secretário do Bureau Político do MPLA

Published

on

“A Rússia é um país amigo, com o qual Angola mantém relações sólidas, forjadas na luta pela conquista da Independência nacional, consolidação da democracia, preservação da soberania e integridade territorial”.

A afirmação foi feita pelo Secretário do Bureau Político para as Relações Internacionais do MPLA, Manuel Augusto, à margem das celebrações do 30.º aniversário da adoção da declaração de soberania estatal da República Socialista Federativa Soviética da Rússia, que comemora-se a 12 de Junho, desde 1994.

O evento promovido pela Embaixada da Rússia em Angola contou, igualmente, com as presenças de altos quadros do partido no poder, como o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado, o ministro das Relações Exteriores, Téte António, a Secretária-Geral da OMA, Joana Tomás, dentre diplomatas, deputados e outras personalidades.

“A presença da Direcção Central do MPLA no evento traduz-se num dever, uma manifestação de gratidão e de reconhecimento pelo apoio que a Rússia prestou a Angola, para que se tornasse um país forte no concerto das nações”, referiu, Manuel Augusto, citado pelo Jornal ÉME.

“Portanto a nossa presença aqui é uma manifestação também de solidariedade para com o Governo e o povo russo”, rematou.

No seu discurso, o embaixador da Rússia em Angola, Vladimir Tararov, ressaltou que “uma das prioridades da política externa do seu país é o desenvolvimento das relações com os países africanos, uma vez que o papel destes Estados na arena internacional tem crescido de forma significativa”.

“Os países africanos têm participado na solução de vários problemas globais, tais como a luta contra o terrorismo, o combate a pobreza, o desenvolvimento sustentável e a resolução dos conflitos ecológicos”, disse.

O Dia da Rússia simboliza o nascimento de uma nação moderna e sua prosperidade. Está associado aos eventos históricos do final do século XX, quando foram lançadas as bases do Estado soberano russo. A história desse dia começa em 1990, quando o primeiro Congresso dos Deputados do Povo da República Socialista Federativa Soviética da Rússia adoptou a Declaração de Soberania Estatal.

Conforme o Correio da Kianda publicou anteriormente, numa mensagem endereçada a Vladimir Putin, o Presidente da República, João Lourenço, felicitou o seu homólogo, tendo demonstrado desejo de Angola “continuar a estreitar as relações históricas de amizade que unem os dois países há mais de cinco décadas”.

“As relações de amizade entre Angola e a Rússia apresentam perspectivas de um futuro em que podem ser aprofundadas cada vez mais, por via da implementação de projectos de cooperação mutuamente vantajosos em domínios de interesse comum”, refere a mensagem citada pela Presidência da República.

Angola deseja continuar a estreitar relações com a Rússia, diz João Lourenço

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.