Connect with us

Desporto

Rui Andrade “vai continuar a levar a bandeira angolana”, garante federação

Published

on

A Federação Angolana de Desportos Motorizados anunciou esta quarta-feira, 11, a continuidade do atleta angolano Rui Andrade na equipa WRT, na temporada de 2023 do FIA WEC.

De acordo o comunicado chegado à redacção do Correio da Kianda, a FADM diz que Rui Andrade vai representar mais uma vez a equipa WRT, já várias vezes campeã. O piloto angolano inicia assim aquela que é a sua “segunda época no campeonato Mundial de Endurance da FIA, utilizando mais uma vez o fato da equipa Belga”.

A Federação dos Motores diz ainda que o “atleta da Bullet vai continuar a levar consigo a bandeira angolana pelo mundo a fora, ao renovar o contrato com a WRT em 2023 “.

Rui Andrade estreou-se no campeonato WEC na FIA no ano de 2021, ao correr nas 24 horas de Le Mans.

Em 2022, o piloto juntou-se à equipa WRT e concluiu assim a sua primeira época completa no campeonato, que se verificou num grande sucesso.

A FADM diz que Rui “começou da melhor forma, com um pódio em sebring, nos Estados Unidos da América”, seguido de um pódio no circuito de spa-Francorchamps na Bélgica, sem esquecer a sua primeira vitória no campeonato de WEC em Monza, Itália. Assim e mais uma vez, Rui “fez história no desporto angolano”.

A próxima época, lembra a FADM, terá início nos dias “11 e 12 de Março” com a pré-época de testes em Sebring nos Estados Unidos da América, seguida da corrida de abertura com as Mil Milhas de Sebring, no dia 17 de Março, seguidamente, o campeonato segue para a Europa, contemplando alguns dos circuitos mais icónicos de sempre, incluindo a famosa corrida das 24horas de Le Mans, que cumprirá o seu centenário em Junho deste ano. A parte final do campeonato decorrerá no continente asiático.