Connect with us

Mundo

Roubam 26 milhões de euros e deixam polícia ‘às aranhas’ na Suíça

Published

on

Na passada quinta-feira, 8 de fevereiro, um grupo de homens invadiu a casa de uma jovem de 22 anos, em Lyon. A mulher foi enganada pelos assaltantes, que utilizaram como engodo a profissão de canalizador, e acabou por ser raptada.

A escolha da francesa, a morar próxima da fronteira com a Suíça, não foi ao acaso. O pai era um condutor de carrinhas de valores e, nesse dia, tinha saído de Genebra com um carregamento estimado entre 15 a 30 milhões de francos (13 a 26 milhões de euros) em notas.

Os agressores obrigaram a jovem a ligar ao pai, que saiu da autoestrada onde seguia para se encontrar com os assaltantes.

As autoridades suíças explicam que o esperavam “vários homens armados” e que roubaram tudo o que estava no interior da carrinha, ameaçando o condutor. A mulher, que tinha sido mantida refém em França, foi libertada.

A investigação ao caso é levada a cabo pela polícia de Vaud, na Genebra, e pela polícia francesa. Ambas as forças pedem a todas as testemunhas que se apresentem, uma vez que os homens desapareceram sem deixar rasto.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *