Connect with us

Politica

Requalificação da Marginal do Sumbe será financiada pelo PIIM

Published

on

O Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) disponibilizou, nesta sexta-feira, 191 milhões, 363 mil e 830 kwanzas para requalificação da marginal da capital do Cuanza Sul, apurou a Angop.

As obras vão incidir sobre o parque dos namorados, Jardim das “Misses”, monumento do soldado desconhecido, praça da liberdade e extensão da marginal, com a reparação de passeios, iluminação pública, jardins e aplicação de mármore.

O prazo de execução é de seis meses e a obra criou 20 postos de trabalhos.

Na cerimónia de adjudicação, na qual foram signatários o administrador municipal do Sumbe, Carlos Pacheco, e pela empresa Xingan- consultoria e indústria, Yu Zhu, destacou-se a importância do cumprimento dos prazos estabelecidos, uso do material acordado e rigor na fiscalização.

A fiscalização está a cargo da empresa Nechicons – Fiscalização e consultoria Lda, que recebe desta empreitada nove milhões e 500 mil kwanzas.

Esta é a segunda fase da requalificação da marginal do Sumbe. Na primeira, inaugurada a 15 de Novembro de 2019, foram gastos cerca de 190 milhões de kwanzas do Programa de Investimentos Públicos (PIP).

Na ocasião, foram colocados quatro mil e 455 metros quadrados de pavimento de cubos de granito, construídos lancis, ciclovia e bancadas em betão, 36 novos postes de iluminação pública e plantadas 120 palmeiras e 25 coqueiros.

As obras vão incidir sobre o parque dos namorados, jardim das “Misses”, monumento do soldado desconhecido, praça da liberdade e extensão da marginal, com a reparação de passeios, iluminação pública, jardins e aplicação de mármore.

Por Angop