Connect with us

Diversos

Reino Unido rejeita 443 cidadãos timorenses

Published

on

Nos últimos meses de 2022, 443 timorenses tentaram entrar no Reino Unido através de Portugal, uma atitude que foi classificada por aquele país de “inadmissível”.  Os cidadãos foram obrigados a regressar, engrossando o fluxo de entradas e saídas através de Portugal, informou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Fonte oficial do SEF indicou à agência Lusa que este organismo está a acompanhar “o aumento significativo do fluxo de entradas e saídas de cidadãos timorenses do território nacional, por via aérea”.

Desde março e até 11 de outubro, entraram em Portugal 4.721 timorenses e saíram 4.406. No mesmo período, regressaram a Portugal oriundos do Reino Unido 443 timorenses, considerados “inadmissíveis” por não disporem de documentos, nomeadamente visto, do qual não precisam para entrar em Portugal.

A falta de trabalho em Timor-Leste está a provocar um êxodo de trabalhadores jovens, com Portugal a tornar-se um dos principais destinos, com muitos a aproveitarem-se de condições de entrada mais fáceis do que outros países.

Uma procura que está a levar ao aparecimento de agências e de anúncios a tentar enganar jovens timorenses, a quem são cobradas quantias avultadas com a promessa de trabalho ou vistos.

Segundo o SEF avançou à Lusa, este serviço de segurança participou 11 situações por indícios de auxílio à imigração ilegal e de tráfico de pessoas ao Ministério Público, que é responsável pela ação penal e a direção da investigação criminal.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *