" />
Conecte-se agora

Mundo

RD Congo: CENI admite adiar divulgação de resultados

A Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) admitiu hoje adiar a divulgação dos resultados das eleições na República Democrática do Congo, prevista para domingo, quando, segundo fontes daquele organismo, estão apurados apenas 20% dos votos.

Publicados

on

- contagem de votos RDC - RD Congo: CENI admite adiar divulgação de resultados

“A divulgação deverá ser adiada porque não se escrutinou todos os votos, de todas as províncias”, explicaram fontes da CENI, citadas pela agência Efe, esclarecendo que, até que não atinja 80% ou 90%, não se prevê a emissão dos primeiros resultados provisórios.

O presidente da CENI, Corneille Nangaa, admitiu que apenas um quinto dos votos (20%) foi escrutinado até quinta-feira, três dias antes de domingo, o prazo limite definido para a divulgação dos resultados.

No sábado, a CENI poderá fazer um anúncio oficial a confirmar o atraso na divulgação dos resultados, acrescentaram as fontes, que pediram o anonimato.

Depois da Conferência Episcopal Nacional (Cenco), que colocou no terreno 40.000 observadores nas eleições de 30 de dezembro, o serviço diplomático da União Europeia (UE) apelou também à verdade na divulgação dos resultados da votação na República Democrática do Congo.

“A UE associa-se aos apelos, entre os quais da missão de observação eleitoral da União Africana (UA) e do presidente da Comissão da UA, para que os resultados sejam conformes o voto do povo congolês”, referiu o porta-voz do serviço de ação exterior da UE, em comunicado difundido hoje em Bruxelas.

Na quinta-feira, a Cenco assegurou que conhecia o ganhador e apelou à CENI para divulgar os resultados das eleições presidenciais, legislativas e provinciais com “a verdade e a justiça”.

Apesar das tensões constatadas, as eleições do passado domingo poderão constituir a primeira transição pacífica no poder do país desde a sua independência da Bélgica, em 1960.

Depois de publicados os resultados provisórios, que terão de ser validados pelo Tribunal Constitucional, será conhecido o sucessor do Presidente da RDCongo, Jospeh Kabila, no poder desde 2001.

Kabila deveria ter abandonado a Presidência há dois anos, depois de ter esgotado o limite de mandatos consagrado na Constituição da RDCongo.

O ato eleitoral de 30 de dezembro reuniu 21 candidaturas à Presidência da RDCongo, 15.355 candidatos a deputados na Assembleia Nacional e 19.640 representantes provinciais.

Inicialmente previstas para 2016, as eleições de domingo tinham sido adiadas duas vezes.

Estas eleições só ficarão concluídas em 19 de março deste ano, com a realização do sufrágio nas cidades de Beni, Butembo e Yumbi, adiadas devido à epidemia do Ébola e aos conflitos dos grupos armados.

Nesta região atua o grupo armado Forças Democráticas Aliadas, que tem desenvolvido várias ações, o que afeta as operações de socorro às vítimas do vírus Ébola, que causou 368 mortos e 608 casos de contaminação desde 01 de agosto a 1 de janeiro, altura em que a epidemia foi declarada na RDCongo.

O clima pós-eleições também é de tensão devido ao corte, na passada segunda-feira, da Internet em toda a nação, com o Governo a justificar como um “preço a pagar para manter a integridade das eleições”.

As autoridades cortaram também o sinal de meios de comunicação social, como a emissora Rádio France Internacional e a estação nacional Canal Congo Televisão, esta última considerada próxima da oposição.

A Amnistia Internacional e o Comité de Proteção dos Jornalistas condenaram o corte da Internet e o bloqueio de meios de comunicação social e exigiram às autoridades o levantamento das medidas.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (9)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (167)

Editor

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (8)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (10)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (41)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (4)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação