Connect with us

Politica

Rádio Despertar censura Makuta Nkondo por criticar Adalberto Costa Júnior

Redação

Published

on

- Makuta - Rádio Despertar censura Makuta Nkondo por criticar Adalberto Costa Júnior

A recente entrevista do deputado angolano Augusto Pedro Makuta Nkondo a Voz da América no programa Angola Fala Só foi impedida de ser retransmitida num espaço habitual daquela estação emissora que todas as terças-feiras emite o espaço da VOA, por criticar duramente o novo presidente da UNITA Adalberto Costa Júnior.

Sem citar a origem da ordem, um dos influentes militantes da UNITA ligado ao novo presidente terá ligado para a direcção da Rádio proibindo assim que não se divulgasse a referida entrevista na emissora ligada a UNITA.

Os jornalistas queixam-se de pressões no seio da emissora que é também acusada de emitir noticiários focados em informações sobre o principal partido da oposição angolana e de não dar espaço a outros partidos.

Segundo observadores, os métodos de censura e interferência de que o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola), no poder, é constantemente acusado de utilizar na imprensa pública e nalgumas órgãos privados, são igualmente aplicados pela UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola) na Rádio Despertar. Esta emissora comercial está afeta a um grupo empresarial maioritariamente detido por acionistas que representam a UNITA, o maior partido da oposição em Angola.

A título de exemplo, cerca de 80% dos 30 minutos de noticiário dizem respeito informações relacionadas com atividades da UNITA. O Governo do MPLA e os restantes partidos da oposição praticamente não têm espaço naquela emissora.

Alguns jornalistas daquela rádio, que falaram ao O Decreto na condição de anonimato, admitiram que sofrem pressões frequentemente, principalmente no decurso de reuniões, onde são constantemente reafirmadas ideias como: a Rádio Despertar é da UNITA, o patrão é a UNITA, quem paga o salário é a UNITA e quem não estiver de acordo com a linha editorial que abandone a rádio.

Rádio Despertar não é modelo em democracia, segundo jornalistas.

O Decreto procurou ouvir, sem sucesso, o diretor da Rádio Despertar, Emanuel Malaquias, e o porta-voz da UNITA.

 

C/Decreto

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação