Connect with us

Mundo

Quênia: mortos em culto apocalíptico ultrapassam os 200. Há centenas de desaparecidos

Published

on

As autoridades que buscam sobreviventes e vítimas de um culto apocalíptico na floresta de Shakahola, no Quênia, descobriram mais 22 corpos este sábado, 13. As descobertas elevam para 201 o número de mortos em uma das piores tragédias do país.

“Nossa equipa forense conseguiu exumar 22 corpos, mas não relatamos nenhum resgate”, disse Rhodah Onyancha, comissário regional, a jornalistas da Reuters, na floresta de Shakahola, no sudoeste do país, onde as buscas continuam.

A responsável disse que mais um suspeito também foi preso, elevando o número total de pessoas detidas pelas mortes para 26.

Ao longo desta semana, as autoridades têm cavado covas rasas espalhadas pela floresta em busca de restos mortais e vasculhado a área em busca de sobreviventes, já que centenas de pessoas ainda estão desaparecidas.

Na sexta-feira, 29 corpos foram desenterrados, incluindo os de 12 crianças que foram encontrados em um túmulo.

Com Reuters