Connect with us

Mundo

Quênia lança primeiro satélite de fabricação própria

Published

on

O Quênia fez história nesta sexta-feira ao lançar no espaço seu primeiro satélite de fabricação própria desde o Centro Tsukuba, que pertence à Agência Espacial do Japão em Tóquio, informou a imprensa do país.

O Nanossatélite, um cubo denominado 1KUNS-PF, que pesa 1,2 kg e mede dez centrímetros de comprimeiro e dez de altura, é obra de cientistas da Universidade de Nairóbi, apoiados por especialistas da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), entre outros.

Espera-se que o 1KUNS-PF esteja em órbita em 18 meses a cerca de 4 mil quilômetros da Terra, e ele será usado em setores como previsão meteorológica, vigilância da vida selvagem, elaboração de mapas de segurança alimentar e gestão de desastres naturais.

O nanossatélite “leva duas poderosas câmeras e microfones, que ajudarão a captar imagens e gravar sons antes de postá-los na internet”, explicou o professor da Escola de Engenharia da Universidade de Nairóbi, Mwangi Mbuthia.

A ministra queniana de Educação, Amina Mohamed, descreveu o lançamento do satélite, que custou cerca de 834 mil euros, como um dos mais “notáveis desenvolvimentos científicos do nosso tempo”

Até a data, apenas três países da África Subsaariana contavam com satélites em operação no espaço: Gana, Nigéria e África do Sul.

 

UOL

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *