Connect with us

Economia

Quatro empresas na disputa pela gestão do novo aeroporto internacional

Published

on

Quatro empresas internacionais remeteram proposta ao Governo de Angola para a concessão do Aeroporto Internacional “Dr. António Agostinho Neto” (AIAAN).

Nesta quarta-feira, 13, as empresas internacionais que adquiriram o caderno de encargos para a concessão realizaram visitas de prospecção a infra-estrutura.

“Até ao momento, quatro empresas internacionais de reconhecida capacidade técnica e financeira e especialistas na gestão de infra-estruturas aeroportuárias adquiriram o caderno de encargos do concurso público para a concessão da gestão do AIAAN – Aeroporto Internacional António Agostinho Neto. Estas empresas, de origem europeia e americana, realizaram também, visitas técnicas ao novo aeroporto para conhecerem in loco as capacidades e as potencialidades de todas as infra-estruturas disponíveis e prontas a funcionar”, informou o Ministério dos Transportes sem, entretanto, por questões legais, avançar os nomes das empresas interessadas.

Localizado no distrito urbano de Bom Jesus, município de Icolo e Bengo, província de Luanda, o novo aeroporto, erguido a 40 quilómetros da capital do país, entrou em funcionamento de forma faseada, em Novembro de 2023, sendo a primeira fase reservada aos serviços de carga, até o primeiro trimestre de 2024, quando deverá ter início os voos domésticos.

Ocupa uma área de 1.324 hectares e tem capacidade para 15 milhões de passageiros e um volume de mercadorias de 50 mil toneladas por ano.

A previsão é que até Junho deste ano, o AIAAN comece a operar voos internacionais.