Connect with us

Politica

Quarta dose da vacina começará a ser aplicada na segunda-feira

Published

on

O aumento significativo de casos de covid-19 em Angola, associado a transmissões comunitárias, levou a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, a anunciar que os cidadãos angolanos começarão a receber a quarta dose da vacina contra a Covid-19, a partir de segunda-feira, 21.

Sílvia Lutucuta, que falava durante o ponto de situação sobre a Covid-19, disse que a administração da vacina será feita a nível das unidades sanitárias municipais e equipas móveis, já que os centros de alto rendimento estão desactivados.

Até ontem, 23 milhões e 200 mil doses de vacinas contra a Covid-19 haviam sido ministradas em Angola. A ministra da Saúde informou ainda que os casos graves, críticos e falecidos, na sua maioria são pessoas que não estão vacinadas ou não têm as doses completas, como também a de reforço.

A responsável pela pasta da Saúde reforçou ainda que no último decreto foram recomendadas medidas “que não estão a ser cumpridas pela maior parte da população, como lavar as mãos com água e sabão, uso de álcool em gel, a máscara em locais públicos ou fora do habitat familiar”.

De recordar que o Estado de Calamidade Pública devido a covid-19 vigorou até o dia 16 de Maio de 2022, sendo assim dispensada o uso das máscaras em locais públicos.

Estatística

Em Angola, do número de vacinados, cerca de 14,9 milhões de pessoas fizeram uma dose (78,12% da população elegível), 8,1 milhões fizeram o esquema básico completo (42,88%) e 1,3 milhões a dose de reforço ou terceira dose (6,9%).

Mais de 4,1 milhões de pessoas não fizeram qualquer dose, 6,6 milhões não fizeram a segunda dose e 6,7 milhões de pessoas elegíveis para a dose de reforço ou terceira dose também não a fizeram, pelo que a cobertura nacional com uma dose é de 44,7% e com doses completas é de 24,54%.

Em comparação à média mundial, a cobertura com primeiras doses no mundo é de 68% e com o esquema básico, de 63%, estando Angola abaixo, cerca de 38% da média mundial.

A média de cobertura em África com a primeira dose é 31% e com o esquema básico completo de 24,8%.

Até ontem, Angola havia registado 104.454 casos confirmados, 102.287 recuperados, 1.922 óbitos e 215 activos (53 sintomáticos e 162 assintomáticos).

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas