Connect with us

Politica

PRS: exclusão de candidatos revela falta de democracia interna, diz analista

Published

on

A Comissão preparatória do V Congresso do PRS chumbou esta segunda-feira, 19, as candidaturas dos políticos Sapalo António e Gaspar Fernandes.

Em declarações à Rádio Correio da Kianda, o porta-voz da candidatura de Sapalo António disse que “a decisão resulta de um processo eivado de vícios”.

Cláudio Ricai garante que há uma equipa de advogados que já trabalha, no sentido de esgotar os mecanismos internos. Caso não venha surtir os efeitos desejados, o pré-candidato poderá recorrer ao Tribunal Constitucional.

Ricai disse, por outro lado, que a Comissão preparatória foi preparada a medida do presidente cessante, no sentido de concorrer sem oposição, por entender que Sapalo António não tem nenhum processo disciplinar formal.

Entretanto, o politólogo Almeida Pinto entende que a Comissão preparatória poderia ter notificado os pré-candidatos para preencher os requisitos. Para Almeida, o PRS está a mostrar fragilidade interna.

O também docente universitário lamenta o facto da “democracia interna no PRS estar moribunda e diz ser um mau exemplo para a sociedade”.

Soube o Correio da Kianda, que o outro pré-candidato chumbado Gaspar Fernandes promete reagir nas próximas horas.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas